Candidato propõe instalação de sensor anti armas em ônibus

Manaus (AM) – Em busca de melhorias e pensando no bem-estar da população, o candidato a vereador, Jota  O Chicote do Povo, (PTB),  garante implementar várias propostas caso seja eleito pelo povo, entre esses itens estão o transporte público, segurança, saúde e educação.

Mas quem é Jota, O Chicote do Povo?

José Augusto Machado Oliveira, O Chicote do Povo, tem 62 anos, é amazonense, trabalha há 44 anos na área da comunicação é radialista, jornalista, publicitário e diretor do ‘Portal do Jota. Casado com a estudante de farmácia Ana Cláudia, e pai de quatro filhos, residiu por 40 anos no Beco do Macedo, e agora há 10 anos no bairro Francisca Mendes II.

Em seus 44 anos de comunicação, já trabalhou nas principais emissoras de rádio de Manaus e nos departamento de eventos da TV Rio Negro, além da TV Em Tempo. Além disso, foi locutor esportivo e narrador da Amazonsat em parceria com Dudu Monteiro de Paula e Orlando Rebello.

Jota trabalhou por 18 anos, no Canal Livre com Carlos, Wallace e Fausto Souza. Foi repórter, produtor e atuou no departamento comercial. Trabalhou na Câmara Federal por três vezes, como assessor de imprensa. A mesma atividade, ‘O Chicote do Povo’ desempenhou na prefeitura de Manaus com Carlos Souza como vice-prefeito entre  2007 a 2009.

Em 2014, esteve na Amazonas FM na apresentação do Programa Comando Sertanejo aos domingos por três anos. Seu último trabalho em rádio foi na FM do Povo com Massami Miki e Marcos Pontes no programa ‘A Voz é Sua’, de 2018 até o início de 2019.

Em 2004, Jota se candidatou pela primeira vez a vereador, e conquistou 600 votos naquele ano. Agora ainda mais preparado e determinado, ele acredita que esse será o ano da vitória.

A seguir, confira as relevantes propostas apresentadas por Jota Augusto.

  • Implantar nos transportes coletivos sensores identificadores de armas brancas e afins.
  • Comerciantes e o caminhão revendedores de gás devem ter balanças em suas dependências para atestar o peso das botijas comercializadas.
  • Projeto que grama os campos de futebol das comunidades e dotação de gestores como técnicos e profissionais de esportes afim de prospectar novos talentos.
  • Reaparelhar a ‘Lei da fila’ para todos os caixas, hoje apenas um caixa é disponibilizado para atender os idosos, lactantes e deficientes.
  • Criação de oficinas, clubes de mães, fábrica de vassouras, oficina de bolos. Utilização de garrafas pets na fabricação de objetos tipo vassoura e etc..
  • Criar os Sub-distritos de obras nos bairros e aproveitar os próprios moradores para a mão de obra.
  • Proibir vendas de brinquedos com detalhes de violência, como armas, faca, espada, revólveres, lanças..
  • Projeto de lei que proíbe eventos na câmara no horário regimental como homenagem, medalhas, outorgas e outros. Cria-se desperdício de luz, pessoal e outros.
  • Projeto de lei que proíbe comerciantes de usar as calçadas para exposição de mercadorias e afins.
  • Proibir estacionamento de veículos automotores de 2 e 4 rodas em vias de mão única.
  • Estimular a criação de oficinas de novos escritores e poetas na cidade de Manaus
  • Estimular a criação de locais para a prática de esportes tipo, boxe, luta livre, judô e ufc.
  • Locar espaços nas cinco zonas da cidade que sirvam como creches para a população de baixa renda dotada de monitores, psicólogos, gestores e assistentes sociais.
  • Projeto que cria o pronto-socorro municipal pet com disk-animal
  • Implantação nas escolas municipais de pequenos consultórios odontológicos infantis com avaliação, limpeza, escovação e aplicação de flúor
  • Estimular o retorno das ruas de lazer na cidade de Manaus.
  • Estimular os jogos escolares municipais, gincanas culturais, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *