Bailarinas do Faustão participam da Faixa Liberada da Ponta Negra

Manaus (AM) – As bailarinas Beatriz Larrat, 26, e Manuela Vieira, 25, farão uma apresentação especial nesta quarta-feira, 24/7, a partir das 18h, no aulão de aeróbica e ritmos da Faixa Liberada da Ponta Negra, zona Oeste. Neste ano, o projeto Faixa Liberada, realizado pela Prefeitura de Manaus, completou 10 anos.

Para animar a programação desta quarta na Ponta Negra, Beatriz e Manuela farão uma apresentação especial junto com o professor de dança da Faixa Liberada. Ambas são amazonenses e fazem participações em quadros do programa Domingão do Faustão, como o Show dos Famosos, realizado de abril a julho deste ano.

“A Faixa Liberada da Ponta Negra já é um patrimônio de Manaus. É um dos nossos projetos consolidados, reunimos mais de 5 mil pessoas por edição. Já faz parte do cotidiano dos amazonenses que esperam toda as quartas e domingos para participar da programação. Procuramos sempre fazer algo diferente dentro da programação e assim estamos fazendo com a participação dessas duas bailarinas na Faixa Liberada desta quarta-feira”, destacou o secretário da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), João Carlos.

Publicitária e administradora, Beatriz Larrat também é bailarina profissional com experiência de 19 anos. Com domínio sobre o balé clássico, jazz e dança contemporânea, ela afirmou que a dança pode ser mais que um hobby.

“Tanto eu quanto Manuela, duas manauaras, mostramos que a dança pode ser mais que um hobby e pode se tornar algo profissional”. Ela destacou ainda sobre a febre do momento, que são as danças de zumba e fitdance. “É incrível que a Prefeitura de Manaus ofereça em um espaço seguro e gratuito esse tipo de iniciativa que promove a saúde e o esporte por meio da dança”, contou.

Manuela Vieira é jornalista e frequentadora assídua da Faixa Liberada da Ponta Negra. Ela conta como surgiu a ideia de participar do projeto Faixa Liberada. “A ação desta quarta foi uma iniciativa minha e da Beatriz em pedir o apoio da Semjel, para ajudar a divulgar a nossa cultura e o nosso costume. A dança é uma terapia. Eu já sou frequentadora da Faixa Liberada, o meu filho adora ir para lá e eu adoro correr lá. Sempre levo minha família nas quartas ou domingos”, disse.

A Faixa Liberada é realizada às quartas-feiras, das 17h às 22h e aos domingos, das 6h às 12h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *