Nos pênaltis, Palmeiras é eliminado da Copa do Brasil

Uma gigantesca “zebra” na terceira fase da Copa do Brasil. Mesmo com seus principais jogadores em campo, exceto o zagueiro Gustavo Gomez, o Palmeiras foi eliminado na terceira fase da Copa do Brasil. Atual campeão, o Alviverde jogava pelo empate, mas perdeu por 1 a 0 para o CRB no Allianz Parque, em São Paulo, gol de Ewandro, aos 5 do primeiro tempo, após falha de Victor Luis, no tempo normal.

Como tinha vencido a primeira partida por uma diferença de um gol, bastava um empate para que o Palmeiras se classificasse, mas a derrota levou a disputa para os pênaltis. Não deu outra, o time palmeirense amargou a nona derrota nos pênaltis nas últimas 11 disputas no formato, incluindo aqui as disputas da Supercopa do Brasil e da Recopa Sul-Americana já nesta temporada 2021.

Goleiro pega tudo

O time de Abel Ferreira foi com tudo para cima dos alagoanos, batendo nada menos que 35 vezes a gol — só Scarpa chutou 12. Mas, com o experiente goleiro Diogo Silva, em grande noite, conseguiu segurar o placar no tempo normal.

Pênalltis 

Jatobá bateu a primeira da série alternada e converteu, pelo CRB. Vilão no jogo, Victor Luis ficou com a primeira do Alviverde e bateu com categoria no canto esquerdo de Diogo. E foi justamente o goleiro que bateu a cobrança seguinte, com extrema categoria, deslocando Weverton.

Marcos Rocha bateu o pênalti seguinte, para manter o Palmeiras no jogo. Mas Diogo Silva, o grande herói, fez a defesa que classificou o time alagoano.

 Ficha Técnica

Palmeiras x CRB

Terceira fase – Copa do Brasil

Local: Allianz Parque

Horário: 19h

Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)

Auxiliares: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (PI)

Gols: Ewandro (CRB)

Cartões Amarelos: Gum, Ewandro, Frazan (CRB); Luan (PAL)

Palmeiras: Weverton, Mayke (Marcos Rocha), Luan, Renan e Victor Luis; Felipe Melo (Zé Rafael), Gustavo Scarpa e Raphael Veiga; Rony, Luiz Adriano e Wesley (Breno Lopes).

Técnico: Abel Ferreira

CRB: Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Frazan e Guilherme Romão; Marthã (Claudinei), Jean Patrick e Diego Torres; Erik (Calyson), Ewandro (Dudu) e Hyuri.

Técnico: Alan Aal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *