#CarnavaldoRespeito chega às bandas e blocos

Manaus (AM) – No meio do agito dos foliões no período momesco que lotam ruas e avenidas, a Prefeitura de Manaus abre alas para a proteção da infância e adolescência nas principais bandas e blocos carnavalescos no pré-carnaval de Manaus.


A Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) sensibilizará e orientará foliões quanto às principais violações de direitos desse público.

No sábado, 15/2, a Campanha Municipal de Combate ao Abuso, à Exploração Sexual e Trabalho Infantojuvenil estará presente nas tradicionais bandas da Bica e Difusora, na rua 10 de Julho e avenida Eduardo Ribeiro, Centro. Já no domingo, 16, a ação chega aos foliões que estiverem nas Bandas do Boulevard, no Centro, Bhaixa da Hégua no bairro de Educandos, além do baile Infantil no Parque Cidade da Criança, no Aleixo.

“A campanha #CarnavaldoRespeito foi lançada no último dia 6. Na semana passada, levamos a mensagem de proteção e garantia de direitos para a banda do Theo.

Neste fim de semana, estaremos presente nas bandas tradicionais. Vamos sensibilizar milhares de foliões a conhecer nossa rede de proteção, como nos determinou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto”, destacou a titular da Semasc, Conceição Sampaio.

Além dos servidores dos órgãos municipais, a campanha contará com o apoio da sociedade civil e dos órgãos fiscalizadores: Conselho Tutelar e Juizado da Infância e Juventude.

A campanha também fará um alerta quanto à proibição da venda de bebidas alcoólicas e cigarros para crianças e adolescentes, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e, principalmente, a exploração sexual e trabalho infantil.

Durante o #CarnavaldoRespeito da Prefeitura de Manaus, as bandas tocarão nos intervalos o jingle da campanha institucional divulgando os canais de comunicação para denúncias.

Denúncias

Para auxiliar na campanha, o folião que presenciar algum caso de violação de direitos, principalmente de crianças e adolescentes, deve recorrer aos canais de comunicação do município.

Disque Denúncia: 0800-092-1407,

Disque Direitos Humanos: 0800-092-6644 ou o Disque 100.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *