Ricardo Nicolau pede curso de enfermagem para Itacoatiara e Boca do Acre

Manaus (AM) – O deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD) protocolizou nesta semana, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), dois Requerimentos solicitando ao Governo do Estado a implantação do curso de nível superior em enfermagem nos núcleos da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) de Itacoatiara e Boca do Acre, municípios localizados a 176 km e 1.028 km da capital, respectivamente.

Atualmente, a UEA de Parintins (a 369 km da capital) é a única do interior do Estado a contar com a faculdade. De acordo com o parlamentar, Itacoatiara e Boca do Acre possuem poucos enfermeiros e grande parte desses profissionais que atuam nos hospitais locais são vindos de fora. “Há demanda de estudantes interessados em cursar enfermagem, mas que não têm condições de se deslocarem de seus municípios”, aponta.

Para Ricardo Nicolau, a interiorização do ensino superior na área da saúde é uma estratégia fundamental para melhorar a qualidade da assistência prestada à população que vive longe da capital. “A UEA já tem uma experiência exitosa, que é a do núcleo de Parintins, então, acredito que levar esse curso a cada vez mais municípios é viável e de extrema importância para o Amazonas”, avalia o deputado.

Êxito

No mês de fevereiro, o Centro de Estudos Superiores de Parintins (Cesp) da UEA formou sua primeira turma de bacharelado em enfermagem, com 32 novos enfermeiros generalistas prontos para atuar na atenção em saúde básica e hospitalar. Para a realização do curso, iniciado em 2013, o governo estadual investiu em novos laboratórios e biblioteca específicos para os acadêmicos.

O curso de enfermagem da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA) da UEA recebeu, em novembro do ano passado, conceito cinco, nota máxima lançada pela Câmara de Educação Superior do Conselho Estadual de Educação do Amazonas (CEE-AM). Pelo Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) realizado em 2016, a graduação tem conceito 4.