PMM lança ‘Programa de Meritocracia para Motoristas’

Manaus (AM) – Com o objetivo de valorizar as boas práticas realizadas pelos motoristas do transporte coletivo de Manaus e destacar os melhores profissionais da área, a Prefeitura de Manaus, por meio da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), lança o Programa de Meritocracia para Motoristas, dentro das Ações e Metas do Planejamento Estratégico em Transportes Urbanos, nesta terça-feira, 16/10, às 15h30, no auditório da Casa Militar, localizado na avenida Pe. Agostinho Caballero Martin, 770, Compensa.

Na ocasião, o superintendente da SMTU, Franclides Ribeiro, com a presença de motoristas e empresários do transporte urbano de Manaus, apresentará a base em critérios de avaliação que levam em conta a redução de combustíveis e de poluentes, redução de absenteísmo (faltas), acidentes, reclamações, número de elogios recebidos por parte dos motoristas, entre outros fatores que serão avaliados pela SMTU em conjunto com as empresas.

Projeto Piloto

O projeto atende as ações de Planejamento Estratégico, com o objetivo de incentivar as boas práticas, por meio da valorização dos profissionais que se destacam em sua área de atuação.

“O trabalho dos motoristas é fundamental para o bom funcionamento do transporte coletivo. Eles são a alma do negócio. Da forma como recebem o usuário dentro do coletivo, a forma como conduzem o veículo, tudo passa pela conduta do motorista. Por isso, consideramos que ele é fator fundamental para o sistema e devemos reconhecer os melhores profissionais”, destacou Ribeiro.

A empresa que dará início ao projeto piloto é a Vega Transportes e, a partir de janeiro de 2019, a cada trimestre, será posto em prática o programa em todas as empresas do sistema de transporte, com a entrega de certificados de honra ao mérito e prêmios definidos por cada empresa participante aos operadores de transporte urbano destacados.

A SMTU realiza tradicionalmente cursos voltados para motoristas e cobradores, que envolvem aulas teóricas sobre legislação do transporte coletivo, noções sobre atendimento aos idosos e às pessoas com deficiência, e aulas práticas, em que os alunos se colocam no lugar dos passageiros, em situações críticas, a fim de que sejam sensibilizados para os problemas que acontecem no cotidiano do transporte público e possam implementar melhorias no serviço prestado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *