Papa nomeia presidente da FAS membro da Pontifícia Academia das Ciências Sociais

O Papa Francisco nomeou, nesta semana, o superintendente-geral da Fundação Amazônia Sustentável (FAS), Virgilio Viana, como membro da Pontifícia Academia das Ciências Sociais, cargo que tem o objetivo de promover o estudo e o progresso das ciências sociais, econômicas, políticas e jurídicas, oferecendo à Igreja Católica elementos para serem utilizados no estudo e no desenvolvimento da doutrina social. 
A nomeação foi anunciada pelo Vaticano por meio de uma nota oficial, divulgada por diversos veículos nacionais e internacionais da imprensa. A Pontifícia Academia das Ciências Sociais foi criada pelo Papa João Paulo II, em 1994, e também reflete sobre a aplicação dessa doutrina na sociedade contemporânea.

Virgilio Viana é engenheiro florestal e PhD em Biologia pela Universidade de Harvard, foi presidente da Sociedade Brasileira de Etnobiologia e Etnoecologia (SBEE) e, atualmente, é presidente da Associação Paulista de Engenheiros Florestais (APAEF) e membro da Comissão The Lancet COVID-19.

Viana atua em defesa do meio ambiente e da Amazônia, já publicou diversos livros e artigos sobre temas relacionados a mudanças climáticas, manejo florestal e agroflorestal, entre outros. À frente da FAS,  é responsável por uma série de projetos que transformam a vida de milhares de pessoas, principalmente de ribeirinhos e indígenas que vivem na Amazônia profunda.

No pico da pandemia da Covid-19, Virgilio Viana mobilizou mais de 130 empresas, instituições, embaixadas, prefeituras e governos, criando a “Aliança Covid na Amazônia”, cujo objetivo é diminuir os impactos da doença nas comunidades amazônicas, com diversas atividades beneficiando mais de 500 mil pessoas.

“A nomeação para Pontifícia Academia de Ciências do Vaticano representa não só uma honra, pelo simbolismo que traz, mas também uma oportunidade de contribuir para a agenda de proteção da floresta amazônica e para a promoção do bem-estar e da melhoria da qualidade de vida de todos os amazônidas, que são temas que, historicamente, fizeram parte da minha vida profissional. Espero, com essa nova oportunidade, contribuir também para que as atividades lideradas pelo Papa Francisco em prol da humanidade possam despertar um olhar atento sobre a Amazônia. A região, que é um dos principais patrimônios da humanidade, tem o Brasil e mais oito países como sendo responsáveis pelo seu cuidado e prosperidade”, comentou Virgilio Viana.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *