Belarmino Lins destaca trabalhos de evangelização e social de Dom Alcimar

Manaus (AM) – Em Voto de Pesar, na Assembleia Legislativa (ALEAM), o deputado Belarmino Lins (PP) destacou o importante papel religioso e social desempenhado pelo Bispo Emérito da Diocese do Alto Solimões (AM), Dom Alcimar Caldas Magalhães, falecido aos 81 anos no último domingo, vítima de parada cardíaca.

“O desaparecimento de Dom Alcimar abre uma grande lacuna no mundo religioso e social do Alto Solimões onde, como filho natural de Benjamin Constant, ele realizou um gigantesco trabalho de evangelização e de largo alcance social a serviço de Deus e em nome do pleno desenvolvimento de toda a região”, manifestou o líder progressista na Aleam.

Nascido em 02 de fevereiro de 1940, na comunidade de Ourique, município de Benjamin Constant (AM), filho de seringueiros, Dom Alcimar foi ordenado sacerdote em 1967. Sua primeira missão foi como pároco na Paróquia de São Paulo Apóstolo em São Paulo de Olivença (AM), sendo eleito Conselheiro e Definidor da Custódia dos Frades Capuchinhos do Amazonas, em 1972.

Em 18 de novembro de 1990, Dom Alcimar assumiu como bispo Prelado da Prelazia do Alto Solimões, sendo nomeado bispo diocesano no dia 16 de fevereiro de 1992. Ele foi bispo do Alto Solimões até 20 de maio de 2015 em que o Papa Francisco aceitou sua renúncia canônica. Em 1999 foi eleito Conselheiro do Estado do Amazonas para o Setor Primário, sendo condecorado pelo Governo do Amazonas com a medalha Marechal Cândido Rondon; no dia 31 de agosto de 2008, recebeu o título de Cavaleiro da Paz, por suas ações em favor da Vida e da Paz na região do Alto Solimões e em outros lugares por onde esteve.

Em 2009, foi indicado para concorrer ao Prêmio Brasileiro Imortal promovido pela Companhia Vale do Rio Doce, cujo objetivo era a eleição de seis brasileiros com atividades na área socioambiental e que tivesse real importância, apresentando benefícios e resultados comprováveis às comunidades, cidades, estados ou regiões em que atuam.

Em parceria com entidades estrangeiras, governamentais, não governamentais e sociedade civil organizada, Dom Alcimar realizou inúmeros projetos em favor dos mais carentes, como zoneamento ecológico, econômico participativo na Região do Alto Solimões, em 2002.

Também se empenhou na implantação de sistemas de energia fotovoltaica, potabilização de água e educação socioambiental e sanitária com a entidade italiana Sipec, em 2003 a 2006. Igualmente apoiou a validação de Tecnologia de produção de óleo de dendê para Biodiesel por agricultores familiares no Amazonas, em 2006, além de ter apoiado o desenvolvimento de agronegócios em comunidades do Alto Solimões, em 2008.

As ações de Dom Alcimar também incentivaram o desenvolvimento sustentável da Amazônia Fronteira de Brasil (Alto Solimões em Benjamin Constant), com a entidade italiana Iscos, no período de 2010 a 2015, valendo ressaltar, ainda, sua participação em ações de melhoria da saúde e das condições de vida de comunidades indígenas da Amazônia, Rio Javari (CIMI), entre 2010 e 2016.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *