Prefeitura e deputada responsabilizam Governo do Estado das mortes em Coari

 Manaus (AM) – Na manhã desta terça-feira (19), pós a deputada Mayara Pinheiro (PP), denunciar que o Governo do Estado “emprestou” cilindros de oxigênio da Prefeitura de Coari e não devolveu, a instituição, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, manifestou repudio contra a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), acusando-a de prejudicar o planejamento organizado pelo município para o combate a Covid-19.

De acordo com a nota, sete pacientes que estavam internados no Hospital Regional de Coari foram a óbito, por conta da falta de oxigênio que atinge o município. A nota ainda afirma que, desde a última semana, cerca de 200 cilindros pertencentes ao hospital de Coari estão retidos na SES, com uma parte aguardando reabastecimento e a outra tendo sido encaminhada a Unidades Básicas de Saúde de Manaus.

Representantes da Secretaria Municipal de Saúde e do Hospital Regional entraram em contato com a SES, que afirmou o envio de 40 cilindros para Coari, que deveriam chegar às 18h de segunda (18), mas os insumos foram destinados a Tefé, por problemas de logística com Coari.

 Os cilindros foram chegar a Coari apenas nesta terça-feira (19), mas o Hospital Regional de Coari já estava sem oxigênio, com alguns pacientes indo a óbito.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *