Prefeitura realiza ação social com indígenas em alusão ao Dezembro Vermelho

Manaus (AM) – A Unidade Básica de Saúde (UBS) Vicente Pallotti, da Prefeitura de Manaus, realizou na manhã desta quinta-feira, 10/12, uma ação social como parte da programação do Dezembro Vermelho, mês de conscientização para o tratamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/Aids), voltada para os indígenas da etnia kokama. A atividade aconteceu em um espaço cedido ao Conselho Local de Saúde da unidade, na rua Silva Ramos, nº 66, centro de Manaus.

A campanha, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), tem como objetivo alertar as pessoas sobre a importância dos cuidados com as ISTs e, neste ano, o direcionamento da campanha foi voltado para saúde indígena, em especial a tribo kokama, a mais próxima da unidade Vicente Pallotti, conforme explicou a diretora da UBS, Nonata Brazão.

“Diante do georreferenciamento foi detectada a ocorrência de população indígena próxima a nossa unidade, localizada na Praça 14. A partir disso, usamos algumas estratégias para aproximá-los da nossa UBS e nesta campanha tivemos a oportunidade de fazer esse chamamento para conscientizá-los quanto às ISTs”, disse a diretora.

Para ela, mobilizações como a do Dezembro Vermelho são oportunidades de dar visibilidade às populações indígenas e aproximá-los das unidades básicas de saúde, principalmente devido ao cenário de pandemia causado pela Covid-19.

“A tribo kokama já é frequentadora da UBS Vicente Pallotti, mas ainda são poucos que vão, e com esses movimentos o nosso objetivo é dar visibilidade para esse povo, fazer com que eles participem e se integrem mais à unidade de saúde. Além disso, por conta da Covid-19, é necessário ainda mais a aproximação deles e de toda a sociedade, inclusive das UBSs, para combater o vírus”, contou a diretora.

Em razão da pandemia, foram realizados testes de Covid-19 em indígenas que estiveram presentes no evento. O resultado do teste, assim que pronto, estará disponível na UBS Vicente Pallotti para consulta. Além disso, foram distribuídos kits de higiene pessoal e remédios para as crianças indígenas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *