Instituições habilitadas no Edital de Fomento devem apresentar documentação 

Manaus (AM) – As Organizações da Sociedade Civil (OSCs) que submeterem projetos de fomento ao Fundo Manaus Solidária, da Prefeitura de Manaus, e que foram habilitadas, devem apresentar até esta sexta-feira, 6/11, das 9h às 13h, os documentos exigidos no Edital de Chamamento Público nº 001/2020-FMS. A documentação deve ser entregue na sala da Diretoria Executiva do Fundo Manaus Solidária, localizada na sede da prefeitura, na avenida Brasil, bairro Compensa, zona Oeste.

“Sabemos que, em complemento às ações do município, o trabalho realizado pelas organizações possui uma enorme importância na melhoria da qualidade de vida e na promoção do bem-estar das pessoas em situação de vulnerabilidade social. O prefeito Arthur Virgílio Neto e eu nos alegramos por ajudar a viabilizar atividades que beneficiam tantas pessoas em nossa cidade”, disse a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Ao todo, 62 OSCs se tornaram habilitadas ao usufruto do fomento, que possui valor global de R$ 7 milhões e que irá contemplar projetos de até R$ 200 mil, cada. Desde 2018, a prefeitura já destinou mais de R$ 18 milhões em recursos, via editais de fomento, para organizações sociais.

Com um prazo limite de até 11 meses para serem executados, todos os projetos participantes estão classificados em eixos. Foram submetidas propostas nas áreas de qualificação e geração de renda; inclusão social de crianças e adolescentes; de jovens e adultos; de idosos; de pessoas com deficiência e defesa de direitos (mulheres em situação de vulnerabilidade social, pessoas com HIV/Aids, negros, indígenas, população LGBT, população em situação de rua e migrantes).

A consulta sobre os resultados das etapas do Edital de Fomento está disponível no site manaussolidaria.manaus.am.gov.br, bem como no Diário Oficial do Município (DOM).

Editais anteriores

O primeiro Edital de Fomento do Fundo Manaus Solidária foi lançado no final de 2018, com valor global de R$ 5,7 milhões, contemplou 31 projetos com o valor máximo de R$ 180 mil cada um e beneficiou mais de 6 mil pessoas.

Já o 2° Edital lançado em 2019, teve um valor global de R$ 6 milhões e contemplou 33 Organizações da Sociedade Civil, com um valor máximo de R$ 190 mil para cada projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *