‘Susam manipula dados sobre testagem dos profissionais da saúde’, afirma vereador

Manaus (AM) – A Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam) distribuiu release para a imprensa informando que 1.279 profissionais da saúde, testaram positivo para o novo coronavírus, o que representa 5,5% dos 23.000 servidores.

No entanto, segundo o vereador Marcelo Serafim, os dados mostram uma manipulação grosseira por parte da Susam: ”Toda pesquisa se baseia em um tamanho de amostra. Só passo dizer que 5,5% dos profissionais estão infectados se tivesse testado 100% desses profissionais. Dos 2.452 profissionais testados na Escola de Enfermagem e na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), 743 testaram positivos, ou seja, 30,3% dessa amostra. É bem verdade que essas pessoas apresentaram sintomas, mas temos uma enorme quantidade de profissionais que mesmo com sintomas não conseguem fazer seus exames na rede de saúde o que nos indica um quadro muito pior”, comentou o vereador.

Outro problema levantado por Marcelo Serafim é sobre a sensibilidade do teste rápido. “Todos nós sabemos que esses testes possuem uma janela imunológica considerável e que boa parte das pessoas só positivam a partir do 10º dia de sintomas e, muitos, só a partir de 15 dias, ou seja, estamos diante de uma quantidade considerável de testes falso negativo que se forem repetidos com um intervalo de 7 dias vão positivar” conclui o vereador.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *