Récem-nascida é abandonada no telhado de uma casa

Manaus (AM) – Na manhã desta terça-feira (26/05), uma bebê recém-nascida foi resgatada do telhado de uma casa, na Rua Louris Cordovil, bairro Alvorada 1, zona oeste da capital. A criança foi encaminhada à Maternidade Alvorada.

Policiais militares da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) resgataram a recém-nascida na manhã desta terça-feira. ,

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio das equipes da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), prendeu, em flagrante, Adriana Lima da Cunha, 23, autora de aborto e homicídio, ambos tentados. A jovem, após tentar aborto, deu à luz a um bebê, do sexo feminino, e jogou ele no telhado da casa ao lado de onde ela morava.

Adriana foi encontrada nas dependências de uma maternidade da rede estadual de saúde, na zona Centro-Sul da cidade. Ao perceber os policiais, ela tentou fugir.

Conforme Joyce Coelho, na delegacia, Adriana, no primeiro momento, negou que o bebê seria dela, mas depois confessou que tomou remédio para abortar a criança e, após dar à luz nesta madrugada, por volta das 2h, ela jogou o bebê no telhado da casa vizinha pelo basculante.

Adriana informou em depoimento não saber que estava grávida e que tinha tomado um chá, pois estava sentido dores, no entanto, encontramos outra versão porque ela realmente ingeriu alguma medicação que precipitou o parto com a finalidade do aborto. Ficou constatado que os familiares de Adriana não sabiam da gravidez dela. Adriana alegou que, quando percebeu que estava tendo uma criança, se assustou, pegou a bebê por impulso e acabou jogando a recém-nascida.

Adriana foi autuada em flagrante por aborto e homicídio tentados. Ao término dos trâmites cabíveis na Especializada, ela será levada para uma maternidade para procedimentos médicos e, após a conclusão, a jovem será levada para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

A recém-nascida está estável e acompanhada para ganhar massa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *