“Se não pode ajudar, não atrapalhe’, diz vereador ao governador

Manaus (AM) – O vereador Marcelo Serafim denunciou mais uma vez a perseguição aos servidores do estado que estão recebendo doações de EPIs dentro dos hospitais da Susam. Depois do caso ocorrido no Platão Araújo agora o diretor do João Lucio estaria proibindo o recebimento de doações para evitar a exposição do governo.

“O governo mostra a cada momento sua incapacidade para governar, se eles não estão ajudando o ideal seria não atrapalhar aqueles que querem ajudar. É inadmissível que profissionais da saúde não trabalhem com as mínimas proteções individuais. Ou protegemos, ou eles daqui a algumas semanas teremos nosso exército adoecido e afastado”, concluiu Marcelo Serafim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *