Prefeitura sorteia 500 apartamentos do residencial Cidadão Manauara 2

Manaus (AM) – Com tantas famílias enfrentando os efeitos da pandemia de Covid-19, uma boa notícia foi recebida por 500 pessoas em vulnerabilidade social que, nesta sexta-feira, 17/4, foram sorteadas pela Prefeitura de Manaus, para receber os apartamentos populares da etapa “A” do residencial Cidadão Manauara 2.

“É um sonho que virou realidade. Estamos trabalhando arduamente para garantir moradia digna aos nossos cidadãos, ainda mais nesse período difícil pelo qual passamos por conta de um vírus letal, em que as pessoas precisam se manter em casa”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto, reforçando que os moradores dessas unidades estão isentos de pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), por lei municipal, além do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

O sorteio foi realizado, por meio de webconferência, pela Caixa Econômica Federal, e reuniu um representante de cada um dos cinco grupos de beneficiários, escolhidos de forma randômica pelo banco federal, evitando a aglomeração de pessoas. A reunião foi mediada por coordenadores do Plano de Trabalho Social da Subsecretaria Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (Subhaf), localizada na zona Sul, estrutura vinculada ao Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

“Temos um prefeito com olhar atencioso e humano para a habitação e construção civil, que gera ainda emprego e renda. Estamos seguindo o cronograma para entrega das unidades residenciais que já chegam ao sorteio”, destacou o diretor-presidente do Implurb, Cláudio Guenka.

A diarista Vânia Gama dos Santos, 37, uma das representantes presentes no sorteio, se mostrou grata pela existência do programa. “É uma vitória que eu e os outros beneficiários estamos conquistando. Quero agradecer a Deus e ao prefeito pela oportunidade, pois moro alugado e o sorteio desse apartamento é a certeza de um futuro digno”, afirmou.

Nesse sentido, a titular da Secretaria municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Conceição Sampaio, que também participou da webconferência, destacou que a prefeitura segue amparando famílias em vulnerabilidade social. “A solidariedade e a sensibilidade nunca podem faltar em uma gestão pública e é, exatamente, o que temos executado, usando todas as ferramentas possíveis”, disse.

Etapas

No sorteio, foram divulgados os blocos e apartamentos em que cada beneficiário irá morar. São 400 beneficiários encaminhados pela prefeitura à Caixa Econômica, e considerados aptos pelo banco financiador a serem incluídos no programa habitacional. Os outros cem beneficiários são vítimas do incêndio do bairro Educandos, ocorrido em dezembro de 2018, contemplados sob orientação do prefeito Arthur Neto.

Os dados devem ser publicados no Diário Oficial do Município (DOM) nos próximos dias. Com isso, a coordenação do Plano de Trabalho Social montará um cronograma de vistoria técnica, onde os donos visitarão seus apartamentos para conhecer a localização. Após esse processo, os beneficiários serão encaminhados à Caixa Econômica, que gerará os contratos.

Outras unidades

Outras 500 unidades habitacionais do Manauara 2 – etapa “B” seguem em fase de finalização. A área institucional do residencial contemplará prédios públicos, como uma escola e uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

Em dezembro de 2016 foram entregues as primeiras unidades do Cidadão Manauara 1, somando 784 imóveis, localizado no Santa Etelvina, zona Norte. Famílias de baixa renda e que moravam em áreas de risco são as principais beneficiadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *