FDT divulga quadro clínico de idosos em tratamento da Covid-19

Manaus (AM) – A Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT) divulgou na noite de sábado, 25/4, o quadro clínico dos internos que testaram positivo para Covid-19. Dezesseis pacientes estão sendo atendidos pela equipe do núcleo de saúde da própria instituição, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Uma unidade semi-intensiva para tratamento da doença, causada pelo novo coronavírus, foi montada nas dependências da Fundação pelo grupo Samel, o mesmo responsável pela administração do hospital municipal de campanha Gilberto Novaes, na zona Norte.

Atualmente, a equipe de saúde da FDT está monitorando quatro idosos na enfermaria semi-intensiva, destinada a pacientes com sintomas graves. Há ainda mais duas enfermarias de isolamento, uma para pacientes com sintomas moderados, que no momento abriga sete idosos, e outra para pacientes com sintomas leves ou assintomáticos que testaram positivo, nessa há cinco idosos. Infelizmente, cinco óbitos foram registrados na instituição pela Covid-19, todos idosos de média e alta dependência que já possuíam doenças avançadas de base.

Os três idosos que receberam alta na última terça-feira, 21, estão curados, sem sintomas e imunizados, mas ainda assim continuam isolados em seus pavilhões, sem acesso às áreas comuns, monitorados pelos técnicos de enfermagem e recebendo visitas médicas duas vezes ao dia.

A unidade semi-intensiva da Fundação Doutor Thomas está utilizando o chamado “método Vanessa”, desenvolvido pela Samel e que vem apresentado excelentes resultados aos pacientes. Entre as demais medidas adotadas pela instituição, a partir da confirmação dos primeiros casos de Covid-19 em institucionalizados, foi realizado coleta de sangue, através do laboratório FAL (Farmacêuticos Associados Ltda.) em todos os idosos da instituição, nesse primeiro resultado, 6 testaram positivos.

“Estamos diante de uma guerra contra um inimigo invisível e pouco conhecido. Sabemos da que maior taxa de mortalidade é nos idosos no mundo inteiro, porém estamos lutando para dar o melhor tratamento e cuidado aos infectados, assim como estamos monitorando os idosos isolados que estão assintomáticos. Não temos como saber a extensão do número de idosos que irão desenvolver a doença, mas estamos esperançosos de conseguir diminuir o impacto com os cuidados intensivos que estamos dando. A boa notícia é que pela testagem que fizemos no dia 21, de 100% dos pacientes, 34 idosos já estão imunizados. Estamos firmes na luta e vivendo um dia de cada vez, mas com muita fé”, declarou a coordenadora da equipe de saúde da FDT, Simone Henriques.

Vídeo chamadas

A equipe de serviço social está em contato com familiares, via telefone, tranquilizando sobre a situação dos idosos que estão na instituição. Os profissionais de serviço social e psicologia estão no suporte aos familiares e começaram a realizar visitas virtuais para idoso e familiar, que ajudam na questão emocional e, consequentemente, no tratamento da doença.

Os idosos que testaram negativo, permanecem em isolamento, e estão recebendo atividades físicas nos pavilhões, seguindo todas as recomendações dos órgãos fiscalizadores. “Manter-se ativo é muito importante e ajuda no fortalecimento da imunidade, ainda mais para o grupo de risco”, explicou a gerente de atividades físicas do Parque Municipal do Idoso (PMI), Ana Beatrice.

“Não estamos fazendo os passeios, mas estamos nos exercitando e tendo acompanhamento médico e suporte”, disse a idosa Maria do Carmo, 87, reforçando que o isolamento social é muito importante nesse período de pandemia.

Novas medidas foram adotadas, além das que já vinham sendo praticadas pelos servidores da fundação, como a instalação de duas tendas para funcionarem como vestiário fora da sede da FDT, ao lado da unidade semi-intensiva, para que os profissionais que ficarem fixos no local não transitem por dentro da instituição; dependências da FDT estão em isolamento e a equipe de assistência social e psicologia está atuando nos corredores, para evitar o trânsito de pessoas; as refeições que já são ricas em nutrientes, que ajudam a melhorar a imunidade, estão sendo feitas em material descartável, nos quartos para evitar aglomerações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *