Belarmino critica aglomerações na CEF de Benjamin Constant

Manaus (AM)“Absurdo dos absurdos, uma situação inadmissível que agride o bom senso”. Assim o deputado estadual Belarmino Lins classificou uma grande aglomeração de mais de mil pessoas que se acotovelaram em longa fila durante todo o dia de sexta-feira (24/04) em frente a uma casa lotérica para receber benefícios federais como Bolsa Família e Auxílio Emergencial pagos pela Caixa Econômica Federal.

A Caixa Econômica, segundo o líder do Partido Progressista na Assembleia Legislativa, não pode desrespeitar dessa forma as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) quanto a organização de filas neste período de forte incidência do novo coronavírus (Covid-19).

“O que aconteceu na sexta-feira foi algo dantesco, que pode elevar muito, e lamentavelmente, o número de casos de Covid-19 em Benjamin Constant nos próximos dias”, manifestou o deputado que na sessão online da próxima terça-feira (28) da Assembleia Legislativa (ALE-AM) apresentará Moção de Protesto contra a Caixa Econômica pelo ocorrido. Conforme o parlamentar, fotos e vídeos inundaram as redes sociais denunciando as gigantescas filas.

O prefeito de Benjamin Constant, David Bermeguy, informou que está acertando com a cúpula da Caixa a organização de uma escala para disciplinar o recebimento dos benefícios federais no município, que envolvem mais de 5 mil famílias. De acordo com ele, o deputado federal Átila Lins (Progressistas) já se prontificou a ingressar com uma indicação na Câmara Federal propondo a implantação, com urgência, de uma agência da Caixa Econômica em Benjamin Constant.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *