Cantor de pagode é morto enquanto trabalhava

Manaus (AM) – Na noite de quarta-feira (2), o vocalista do grupo Pagode dos Amigos, Marnildo Figueiredo Fonseca Júnior, o “Juninho”, de 28 anos, foi morto a tiros na rua Japurá, bairro Praça 14, zona Sul. Enquanto trabalhava numa lanchonete, “Juninho” foi abordado por um homem que efetuou diversos disparos

.

O autor do crime chegou ao local em um veículo cinza de placa não identificada e caminhou direto para a vítima, sacou a arma e efetou os disparos.

A motivação do crime seria o fato do cantor ter denunciado traficantes de drogas que atuam na área.

“Juninho” ainda chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *