O PT é uma comédia. Depois da prisão de quatro hackers envolvidos nos vazamentos de supostas mensagens entre o ministro Sérgio Mouro e procuradores federais, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, disse que acionou o STF e a PGR contra o ministro por, supostamente, ter agido “em flagrante abuso de autoridade”.

Ao acionar os dois órgãos, o PT pediu a prisão do ministro da Justiça e o afastamento imediato do cargo público.
Quem assinou o documento foram os deputados Gleisi Hoffmann e Paulo Pimenta.

“Os petistas alegam que Moro ligou para colegas alertando sobre a invasão dos celulares, tendo ultrapassado os limites como ministro e invadido as competências da Polícia Federal.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *