Amazonino fecha as portas para Hissa Abrahão

Manaus (AM) – O deputado federal Hissa Abrahão, presidente do Diretório Regional do PDT, está sendo acusado de divulgar factoides,  sobre um suposto apoio ao senador Omar Aziz (PSD), na eleição para o Governo do Amazonas.

Comenta-se nos bastidores da Assembleia Legislativa, que o governador Amazonino Mendes, candidato à reeleição, teria fechado as portas para Hissa Abrahão, porque ele pretendia achacá-lo apresentando uma fatura de alto valor.

Amazonino teria afirmado  que Hissa Abrahão não cumpre a palavra empenhada e que a política pra ele é uma jogada de milhões. “O Hissa tentou jogar o Ciro Gomes contra o Amazonino. No entanto, toda estrutura logística que possibilitou a ida e vinda do Ciro a Parintins, bem como da turma do Hissa foi bancada pelo governador. O Ciro e o presidente nacional do PDT Carlos Lupi foram recebidos no Camarote do Governo em Parintins com toda a pompa” comentou um deputado da base aliada.

Passado o Boi, o secretario nacional do PDT Manoel Dias esteve em Manaus reunindo com o governador avaliando o quadro e convidando o Amazonino para se fazer presente em Brasília no dia 20 de julho na Convenção, onde o Ciro Gomes será convencionado candidato a presidência da república.

Nos bastidores da política chega-se a duvidar que o Hissa seja candidato e que parece que aposto muito mais na eleição do Ciro na possibilidade de abocanhar uma função palaciana em Brasil. Enfim, o Amazonino tem carta branca da direção nacional para fazer aliança com quem quiser inclusive com o PSDB, que votou fechado no Senado Federa a favor da Zona Franca de Manaus contra o decreto do Temer.