‘Trio Ternura” gasta muito, mas perde para o PSL

O “trio ternura” MDB, PSDB – eliminados -, e o PT, ainda no páreo, foram os maiores beneficiados e já gastaram juntos R$ 616,5 milhões para tentar eleger seus candidatos. Enquanto isso, o PSL que rejeitou o fundo partidário e gastou pouco pode ter a maior bancada do Congresso e eleger Jair Bolsonaro presidente.

Os marqueteiros do trio dizem que o atentado em Juiz de Fora contra Bolsonaro foi o motivo para o o candidato do PSL disparasse nas pesquisas e chegasse ao 2º turno com grande vantagem.

Jair Bolsonaro, pode somar mais votos em 2018 que o ex-presidente Lula em 2006, na reeleição. Ele ganhou “de lavada” nos segundos turnos contra José Serra (PSDB) em 2002, com 61,3% (52,79 milhões de votos) e contra Geraldo Alckmin em 2006, com 60,8% (58,29 milhões de votos, o recorde histórico). Com 58% dos válidos, Bolsonaro pode chegar aos 62 milhões de votos.

Murilo Hidalgo, do Paraná Pesquisas, prefere a cautela: “é possível que Bolsonaro tenha mais votos que Lula, mas é cedo para ter certeza”. Faltando 13 dias para a eleição, Mário Hidalgo não tem dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *