Resultado das eleições na Argentina gera crise econômica

O resultado das eleições primárias na Argentina, no domingo (11), assustou o mercado financeiro.

A oposição venceu as eleições, preocupando o mercado financeiro por tornar difícil a reeleição de Mauricio Macri em outubro.

A chapa liderada por Alberto Fernández, que tem a ex-mandatária Cristina Kirchner como vice, venceu com larga vantagem a chapa do atual presidente e indica que pode haver mudança na política econômica do país.

Em resposta, os títulos da dívida e ações de empresas argentinas registraram quedas de dois dígitos na abertura dos mercados nesta segunda-feira (12).

O peso argentino chegou a cair 30% em relação à moeda americana, cuja cotação passou a 60 pesos por dólar, levando alguns bancos privados a suspenderem operações de câmbio.

A crise na Argentina pode impactar na economia brasileira. A vitória da esquerda pode gerar um êxodo do país, que enfrentou a pior crise econômica durante a gestão de Cristina Kirchner.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *