PT distribuiu terras para empresários, políticos e mortos

O lado sombrio do PT não tem limite. O Tribunal de Contas da União levantou o tapete e identificou políticos, empresários e mortos entre os beneficiários da reforma agrária realizada pelos Governos de Lula e Dilma Rousseff.  A fraude atinge quase 600 mil beneficiários, o que representa 30% de pessoas atendidas pelo INCRA.

Segundo a Controladoria-Geral da União, quase 8% do total de lotes concedidos nos últimos 20 anos estavam com irregularidades. Quase 62 mil empresários e 1017 políticos receberam terras e recursos públicos. Mais de 144 mil servidores públicos também estão entre os beneficiários. E o mais surpreendente de tudo: 37.997 mortos receberam terras dos governos petistas.

No Pará, as irregularidades agrangem uma área superior ao próprio limite do Estado. No Amazonas, Manaus e Iranduba enfrentam problemas de ocupações irregulares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *