Prefeitura promove ações de combate às hepatites virais no Shopping Phelippe Daou

Como parte da programação do Julho Amarelo, a Prefeitura de Manaus vai promover nesta sexta-feira, 5/7, no Shopping Phelippe Daou, na avenida Camapuã, zona Leste, uma ação de combate às hepatites virais. A programação, que será realizada em parceria pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e o Fundo Manaus Solidária, acontecerá das 8h30 às 11h, com a oferta do exame de testagem rápida para hepatites B e C e distribuição de preservativos. Também haverá a oferta da vacina contra hepatite B, com recomendação para apresentação do cartão de vacina.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, explica que durante o mês de julho todas as Unidades de Saúde irão intensificar as ações de combate às hepatites virais com atividades educativas e orientações sobre a importância do diagnóstico precoce para interromper a cadeia de transmissão da doença.

“Como algumas formas de hepatite podem ser transmitidas por relação sexual e da gestante para o bebê durante a gravidez e o parto, é importante que as pessoas utilizem o preservativo e também façam o teste rápido para o diagnóstico da doença. O preservativo é uma forma de evitar a transmissão da doença e o diagnóstico precoce permite que o paciente inicie imediatamente o tratamento, evitando sequelas graves e reduzindo o risco de transmissão da gestante para o filho”, alerta Marcelo Magaldi.

A hepatite é a inflamação do fígado e pode ser causada por vírus (tipo A, B, C, D e E). Os tipos B, C e D são os mais graves, com transmissão por relação sexual desprotegida, transfusão sanguínea e derivados do sangue, assim como o compartilhamento de seringas, escova de dente, lâmina de barbear, alicate de unha e outros objetos perfurocortantes.

De acordo com a chefe do Núcleo de Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs/AIDS) e Hepatites Virais da Semsa, enfermeira Rita de Cássia Castro de Jesus, um dos focos da campanha Julho Amarelo deste ano é a vacinação contra a hepatite B, especialmente a intensificação vacinal para mulheres em idade fértil.

“A vacina contra hepatite B está disponível para a população durante todo o ano nas 183 salas de vacina na rede municipal, de forma gratuita. Além da vacina, é essencial que a gestante realize o teste rápido durante o pré-natal. No caso de diagnóstico positivo para a doença, os profissionais de saúde poderão iniciar o tratamento para evitar a transmissão para o bebê”, destaca Rita de Cássia.

Casos

De acordo com Rita de Cássia, os dados coletados por meio do Sistema de Notificação de Agravos (SINAN), mostram que, no período de 1º de janeiro a 25 de junho de 2019, Manaus registrou 160 novos casos de hepatites virais, sendo prevalentes os tipos B com 87 casos e o tipo C com 46 casos confirmados.

Sintomas

As hepatites virais são doenças que na maioria dos casos não apresentam sintomas. Quando surgem, os sintomas podem ser: cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *