Prefeitura prepara ‘Dezembro Vermelho’ com foco em prevenção ao HIV

Manaus (AM) – No período de janeiro a outubro de 2019, o município de Manaus registrou 1.017 novos casos de HIV em adultos residentes na cidade. Desse total, 598 casos (58,80%) foram notificados em pessoas na faixa etária de 15 a 29 anos. O dado é da Prefeitura de Manaus, que prepara a campanha “Dezembro Vermelho”, quando as ações de combate ao HIV serão intensificadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) em todas as unidades de saúde, com foco na população jovem na faixa etária de maior incidência da infecção sexualmente transmissível.

“Manaus integra essa luta de combate ao HIV, com unidades de saúde equipadas, com profissionais preparados e em horário estendido para atender essa demanda. Os números são preocupantes e fazemos o alerta, principalmente, aos jovens que o uso do preservativo ainda é a melhor prevenção contra a doença”, disse o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, destacou que a campanha marca o Dia Mundial de Luta Contra Aids, celebrado anualmente no dia 1º de dezembro. “Temos o objetivo de sensibilizar a população para as questões de prevenção e o controle do HIV/Aids, assim como reduzir o preconceito, a discriminação e promover o respeito e a garantia dos direitos à saúde de todas as pessoas que vivem com HIV”, enfatizou.

De acordo com a chefe do Núcleo de Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/Aids) e Hepatites Virais da Semsa, enfermeira Rita de Cássia Castro de Jesus, a campanha pretende mobilizar o público jovem, estimulando a prevenção e orientando sobre a importância do diagnóstico precoce e adesão ao tratamento.

“Tão importante quanto evitar novos casos de HIV, o que pode ser feito por ações como o uso do preservativo nas relações sexuais, o diagnóstico precoce e a adesão ao tratamento são essenciais para interromper a cadeia de transmissão do vírus e aumentar a expectativa de vida das pessoas que vivem com HIV”, explica Rita de Cássia.

Ações

Durante o Dezembro Vermelho, os serviços de saúde irão ampliar a oferta de testagem rápida para diagnóstico do HIV e outras ISTs, de forma conjunta com atividades educativas, enfatizando a prevenção, bem como a oferta de preservativos e gel lubrificante.

As 10 unidades de saúde que atendem em horário ampliado, de segunda a sexta-feira até 21h e aos sábados das 8h às 12h, estarão intensificando a testagem rápida para HIV e outras IST, atendendo pessoas que não têm disponibilidade durante horário comercial.

“A Semsa conta hoje com 174 Unidades de Saúde que realizam o teste rápido, informando o resultado em 30 minutos. Todas as pessoas que têm ou tiveram vida sexual ativa devem realizar o exame, o que é uma forma de detectar precocemente a infecção”, alerta Rita de Cássia.

Controle

A Semsa vem diversificando as ações de prevenção à infecção pelo HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis por meio do novo conceito da Prevenção Combinada, com o uso de vários métodos, que inclui a distribuição de preservativos masculinos e femininos, gel lubrificante, ações educativas e ampliação do acesso à testagem rápida (fluido oral e auto-teste para HIV), profilaxia pós-exposição e pré-exposição, entre outros.

Como estratégia de diagnóstico precoce do HIV, a Prefeitura de Manaus tem ampliado ao longo dos anos a oferta de testes rápidos, o que já é feito em 174 Unidades de Saúde. Além dessas unidades, Manaus conta na rede estadual com mais três Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) instalados nas seguintes unidades: Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Caimi Ada Viana e nas Policlínicas Gilberto Mestrinho e Colônia Antônio Aleixo.

As pessoas com diagnóstico positivo para HIV podem ser acompanhadas em nove unidades da capital, sendo seis Serviços de Assistência Especializada (SAE) e três Unidades Básicas de Saúde (UBS), distribuídos pelas diferentes zonas da cidade.

Dados epidemiológicos

No período de janeiro a outubro de 2019, Manaus registrou 1.017 novos casos de HIV em adultos residentes na cidade. Comparando os dados dos anos 2018 e 2019, houve uma redução de 20,73% no número de casos registrados este ano.

O sexo masculino apresenta número maior de casos (76,9%), quando comparado ao feminino (23,1%). Em relação à faixa etária, há predominância do número de casos entre indivíduos de 15 a 29 anos (598), seguidos da faixa etária de 30 a 49 anos (365).

A lista com todas as Unidades de Saúde com Teste Rápido pode ser acessada no site: https://semsa.manaus.am.gov.br/teste-rapido-ists/

Abertura oficial

A abertura oficial da Campanha do Dezembro Vermelho acontecerá no dia 4 de dezembro, às 17h, no Largo de São Sebastião, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), quando serão ofertados testes rápidos para diagnóstico do HIV, sífilis e hepatites B e C, panfletagem de informativos sobre HIV, orientações sobre prevenção, disponibilização de preservativos e gel lubrificante, além da distribuição de auto-testes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *