Polícia Federal prende esposa e irmãos do senador Omar Aziz

A Superintendência da Polícia Federal do Amazonas deflagrou na manhã desta sexta-feira (19) a Operação Vertex, um desdobramento da “Maus Caminhos”, que desviou mais de R$ 250 milhões da área de Saúde do Estado. A esposa do ex-governador e senador Omar Aziz (PSD-AM) foi presa ´pr volta das 6h desta manhã.

Os irmãos do senador, Amin, Mansour e Murad Aziz também foram presos. O ex-deputado estadual e advogado Lino Chíxaro teve sua prisão decretada

A instituição cumpre nove mandados de prisão temporária, além de buscas e apreensões, sete sequestros de bens e dezoito bloqueios de contas físicas e jurídicas.

A Operação ocorre simultaneamente em Manaus, Brasília e São Paulo.

A investigação foi desmembrada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em razão dos indícios detectados de recebimento de vantagens indevidas pelo ex-governador e atual senador, que tem direito a foro por privilegiado no STF. Entretanto, o senador Omar Aziz está proibido de deixar o país.

Relação

Além da ‘Maus Caminhos’, o desdobramento também está ligado as operações ‘Custo Político’, ‘Estado de Emergência’ e ‘Cashback’. Na ‘Custo Político’, foi apurada a prática de crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de capitais e organização criminosa, possivelmente praticados por cinco ex-secretários de Estado, bem como diversos servidores públicos. Na ‘Estado de Emergência’, o núcleo político do Poder Executivo Estadual alcançou o ex-governador cassado, José Melo, que chegou a ser preso

Por outro lado, a ‘Cashback’ teve por objeto a investigação de empresas que receberam pagamentos embasados em notas fiscais falsas sem a correspondente prestação de serviço, além de pagamentos por serviços superfaturados.

Significado

Vertex significa o ponto mais alto, o ápice, o vértice, indicando que a Operação Maus Caminhos chegou ao ponto mais alto da organização criminosa.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *