Ministro da Economia diz que Bolsonaro tem “culhões” para fazer as reformas

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu na segunda-feira (18), em Washington, nos EUA, durante a abertura econômica do Brasil, liberalismo econômico e negociação com o país que for mais lucrativo.

Guedes disse que “nos próximos 5 ou 6 anos” 50% dos funcionários públicos se aposentarão. “E adivinha o quê? Nós não vamos recontratar novos no lugar”, afirmou.

Discursando em inglês, o ministro disse que o presidente Bolsonaro tem “big balls” para controlar gastos públicos e reformar a previdência, o uso do termo provocou risos na platéia, que aplaudiu o compromisso com a abertura comercial e a simplificação tributária.

O ministro demonstrou que o atual governo brasileiro, diferentemente de outros, está aberto e simpático ao governo dos EUA. “Temos um presidente que adora a América. Eu também. Adoro Coca-Cola e Disneylândia. É uma grande oportunidade para investir no Brasil. Eu os convido para essa nova parceria.”

Ele ainda disse que ama os EUA, mas fará o comércio com quem for mais vantajoso.

“Os chineses querem dançar conosco e querem investir. Eu disse ao presidente: amamos os Estados Unidos, mas vamos fazer comércio com quem for mais lucrativo”, disse Paulo Guedes.

Confira o vídeo:

*Com informações do G1/Roteiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *