Lula ameaçado por esposas de comparsas

O ex-presidente Lula começa a enfrentar problemas que talvez não imaginasse que fossem acontecer. As esposas dos comparsas estão se rebelando. A experiência mais traumática nesse sentido foi com dona Margareth Palocci, que foi peça decisiva para a opção por delação do marido, o ex-ministro Antonio Palocci.

Desta feita, na tal caravana petista em Minas Gerais, Lula enfrentou a fúria de Carolina Pimentel, esposa do governador Fernando Pimentel. O ex-presidente e a primeira dama mineira discutiram, sem que o governador se intrometesse.

Carolina Pimentel vive um momento de extrema dificuldade jurídica. Tem um enorme receio de ser presa e teria cobrado isso de Lula. O ex-presidente, como sempre, tirou o corpo fora, tentou fazer discurso para Carolina, que teria ficado furiosa com a desfaçatez do petista. O recado, ao final da briga, foi de que não vai silenciar, caso seja presa.

Pimentel, constrangido teria abraçado a esposa e pedido desculpas a Lula. Carolina, chorando, xingou o ex-presidente várias vezes.

Os fatos abalaram enormemente a caravana de Lula em Minas Gerais.