Luiz Castro cobra investigação contra cinco delegados da PC

O deputado Luiz Castro (REDE) falou, no Grande Expediente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) desta quinta-feira (21), sobre a denúncia do caso de suposto assédio, agressão e intimidação por parte de cinco delegados da Polícia Civil do Amazonas a um casal, ocorrido no dia 13 de setembro, em uma casa de shows da cidade.

A confusão teve início quando um dos delegados passou a mão nas partes íntimas de uma mulher. O esposo da vítima reagiu e foi ameaçado pelo delegado com uma arma de fogo. Os demais delegados também sacaram suas armas e ameaçaram o casal. A confusão continuou do lado de fora da casa de shows, onde, segundo denúncia, os delegados ameaçaram inclusive de “plantar drogas no carro das vítimas”.

Castro considerou “gravíssimo” o episódio, e cobrou que o mesmo seja investigado e elucidado. “Este caso tem componentes complexos, como o uso da força pública, das armas, dentro de um clube. Segundo, a utilização das prerrogativas policiais sendo usadas para agredir e intimidar cidadãos”, disse o deputado, destacando também a falta de respeito com a mulher. “A mulher tem que ser respeitada em qualquer ambiente, em qualquer lugar”, disse.

Para o deputado é preciso esclarecer o caso para que a imagem da Polícia Civil não seja prejudicada, e que maus policiais sejam punidos, para que a população possa continuar acreditando que é protegida por uma instituição enérgica, firme, imparcial e que, a cima de tudo, respeite o cidadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *