Instituto Lula liberou R$ 1,7 milhão para os filhos do ex-presidente

A dívida de Lula, do Instituto e da empresa de eventos seria de 15 milhões. Já Okamotto, que é presidente do Instituto Lula, é apontado como responsável pelo débito de R$ 14 milhões da entidade.

Desde o ano passado, a Receita Federal está tentando receber uma dívida de quase R$ 17 milhões do Instituto Lula. A dívida chegou a este montante após a Receita ter identificado operações financeiras vultuosas em favor do ex-presidente Lula e de seus familiares, o que levou o órgão a desenquadrar o instituto da categoria de entidade sem fim lucrativo.

O Ministério Público Federal rastreou a entrada e a saída dos recursos do Instituto Lula e da LILS Palestras, ligadas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e revelou que a entidade e a empresa pagaram, entre 2011 e 2014, R$ 1.763.206,59 a empresas dos filhos do petista.

O bloqueio dos R$ 30 milhões de bens e contas bancárias do Instituto Lula, do presidente da entidade e da L.I.L.S ocorreu no início de abril, poucos dias antes do ex-presidente ter sua prisão decretada pelo juiz federal Sérgio Moro.