Gleisi acusa Sérgio Moro de corrupção passiva

A depute federal Gleisi Hoffmann (PT-PR), conhecida como “A Amante” na lista da Odebrecht, voltou a atacar. Desta vez, acusa o ministro da Justiça, Sérgio Moro, de corrupção passiva.

A presidente do PT escreveu:

Artigo 317 do CP, corrupção passiva: Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem. É no que incorreu Moro ao barganhar vaga no STF“ publicou a deputada, distorcendo as leis do país.

A acusação da petista torna-se fantasiosa porque Sérgio Moro não barganhou nem tampouco pediu uma vaga no STF para o presidente Bolsonaro. Foi o próprio presidente que declarou que tem a intenção de indicar o ministro para a próxima vaga na Suprema Corte

Toda vez que Gleisi Hoffmann se manifesta, torna-se motivo de gozação nos corredores do Congresso Nacional. Nem seus companheiros de ideologia dão crédito para o que ela fala.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *