Exército evitou golpe de parlamentares contra Bolsonaro

Entre os meses de abril e maio deste ano, o presidente Jair Bolsonaro escapou de ser deposto. Em entrevista para a última edição da revista Veja, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, disse que no inicio do quarto mês de gestão, houve uma tentativa de golpe para tentar depor o presidente Jair Bolsonaro.

O presidente do STF disse que precisou intervir junto a outros nomes de peso da República para abortar o ‘golpe’ contra o presidente.

A tentativa de golpe foi abortada pelo Serviço de Inteligência do Exército que evitou que o Congresso Nacional pudesse derrubar o presidente eleito.

Nos corredores de Brasília, corre a informação de que o ‘braço do Exército’ dentro do STF, General Ajax Porto Pinheiro (assessor de Toffoli) teria se dirigido ao presidente do STF diise que se tentassem um golpe contra o governo democraticamente eleito, as tropas iriam para as ruas, com ou sem a autorização de Bolsonaro.

Ato contínuo, Toffoli teria alertado imediatamente Rodrigo Maia, David Alcolumbre e parlamentares pró golpe que a ideia não vingaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *