Espetáculo Rival Rebolado será encenado em Manaus

Na manhã de hoje, 23/10, a atriz Leandro Leal, o diretor do espetáculo, Fabiano de Freitas, e o elenco base do espetáculo Rival Rebolado participaram da inauguração do Cine Casarão, cinema que entra em atividade no Centro de Manaus, e falaram sobre a experiência de apresentar o teatro revista pela primeira vez fora do Teatro Rival, o teatro privado mais antigo do Brasil, localizado no tradicional bairro da Cinelândia, no Rio de Janeiro.

Nesta segunda, 23, e terça-feira, 24, o Les Artistes Café Teatro, recebe o espetáculo teatral Rival Rebolado, integrando a programação do aniversário de 348 anos da cidade de Manaus. Leandra Leal, que também assina a direção do espetáculo que está em sua terceira temporada, disse que está sendo uma experiência nova levar a apresentação para fora do teatro.

“Primeiro é uma honra estar em Manaus comemorando o aniversário da cidade com Rival Rebolado. Esta é a primeira vez que apresentamos Rival Rebolado fora do Rival. Isso tudo está sendo novo para gente, mas ao mesmo tempo uma experiência enriquecedora. Fico feliz por esse evento ser aliado com tudo que a gente pensa”, comentou.

Fabiano de Freitas contou que a história do espetáculo que será encenado em Manaus está ligada diretamente ao teatro Rival que resgata um gênero que é totalmente brasileiro, o Teatro de Revista, e que foi bastante rejeitado pelo grande teatro incluído nas categorias belas artes.

“Esse é o teatro que dá espaços para vozes, sempre foi popular e várias pessoas tiveram vozes dentro do Teatro de Revista, Rebolado. Principalmente as transformistas, as travestis. A proposta do espetáculo é trazer o teatro de revista para o palco com um olhar contemporâneo”, contou.

Serão quatro sessões gratuitas, na segunda-feira, 23/10, às 19h e 23h, e na terça, 24/10, às 17h e 21h. A entrada é gratuita.

Manaus 348 anos

O diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, acompanhou o elenco de Rival Rebolado e falou sobre a programação que comemora o aniversário de 348 anos de Manaus.

“Temos hoje e amanhã o Boi Manaus, na Ponta Negra; Exposições no Paço da Liberdade e debates na Academia Amazonense de Letra, além de Rival Rebolado. Tudo isso para comemorar a nossa cidade. Nossos últimos eventos têm feito Manaus ganhar projeção nacional. Hoje desejamos mostrar para o Brasil que Manaus tem boi-bumbá, tem exposição em teatro, recebe grandes espetáculos como Rival Rebolado.”, comentou. A programação completa está disponível no portalwww.vivamanaus.com.

O presidente do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), o escritor Marcio Souza, apresentou a programação do “Manaus Debate”, circuito de palestra que ocorrerá no dia 25/10, na Academia Amazonense de Letras, e falou sobre a contribuição que Rival Rebolado agrega para agenda cultural da cidade.

“Primeiramente, gostaria de dizer que é uma alegria recebermos artistas do Rival Rebolado em Manaus, porque este teatro é o que mais lutou para se manter aberto cultivando esse teatro genuinamente brasileiro que é o Rebolado. E apresentar esse gênero em Manaus é maravilhoso. Quanto a nossa programação, no dia 25, vamos realizar o “Manaus Debate” que fará análises sociais e políticas em discussões com a sociedade”, comentou. A programação completa pode ser consultada no portal www.concultura.manaus.am.gov.br.

Rival Rebolado

O espetáculo é idealizado por Alê Youssef, Leandra Leal e Luis Lobianco. “Rival Rebolado” já está na sua terceira temporada de sucesso e já homenageou grandes estrelas da noite, como Rogéria, Divina Valéria, Jane Di Castro, Lorna Washington e drag queens das gerações mais recentes, como Suzy Brasil.

Assinam a direção artística do espetáculo o diretor teatral Fabiano de Freitas, Dadado, e a burlesca Isabel Chavarri. O projeto se propõe a manter a chama do desbunde, da vanguarda e da transgressão acesas na Cinelândia, recriando um teatro de revista moderno, através de um material vivo, em constante transformação.

O projeto coloca em foco um dos temas mais relevantes da contemporaneidade, como a questão da diversidade. Na sua atual temporada em circulação, o espetáculo está ainda mais conectado à tradição do teatro de revista, levando à cena pela linguagem do humor, do burlesco e do improviso, os acontecimentos atuais que marcam a cidade, o país e o mundo.

O Café Teatro está localizado na avenida Sete de Setembro, 377, no Centro, e é administrado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Cine Casarão

Após 15 anos, o Centro de Manaus volta a possuir uma sala de cinema. Sob comando do produtor cultura João Fernandes, hoje foi inaugurado o Cine Casarão, localizado na avenida Barroso. A atriz Leandra Leal inaugurou a sala que exibiu o filme “Divinas Divas”, obra produzida e dirigida pela atriz.

As sessões serão abertas ao público a partir desta quarta-feira, 25, e terá em cartaz produções brasileiras e alternativas. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).