Empresário é preso em Salvador durante ação da PF

O empresário Ricardo Ribeiro Peixoto (foto), foi preso nesta segunda-feira (9), durante a operação Hedonikos, deflagrada pela Polícia Federal. Segundo o site Acorda Cidade, o suspeito foi detido em Salvador.

Ele é investigado por fabricar clandestinamente suplementos alimentares, que eram vendidos em Feira de Santana, Salvador e outras cidades nordestinas. Segundo a PF, o produto não tinha autorização da Vigilância Sanitária e era feito sem condições de higine.

O empresário também teria comprado itens controlados pela PF que são utilizados para refino de cocaína. Além da fabricação clandestina, Ricardo também é investigado por suposta fraude contra a Caixa Econômica Federal.

Inclusive, inicialmente, ele começou a ser investigado por conta desse golpe, em que ele solicitava empréstimos usando documentos falsos. A fraude rendeu um prejuízo de R$ 6,5 milhões aos cofres públicos.

Durante a investigação, os policiais acabaram descobrindo que ele usava empresas em nomes de “laranjas” para fabricar e vender os suplementos alimentares.

Além da prisão preventiva, os policiais cumprem três mandados de condução coercitiva, cinco de busca e apreensão em Feira e Salvador e seis de sequestros de bens e bloqueio de valores em contas bancárias.

Os investigados vão responder por estelionato, fabricação clandestina de produtos equiparados a medicamentos, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e associação criminosa.

Ricardo foi alvo de uma tentativa de homicídio em janeiro deste ano.