Embaixadas brasileiras são alvos de ONGs estrangeiras

ONGs estrangeiras que atuam na Amazônia estão por trás de atos de vandalismo contra a embaixada brasileira em Londres, ocorrida na terça-feira (13).

Órgãos de inteligências concluíram que as ONGs estrangeiras perderam espaço e poder no governo Bolsonaro e, a partir daí, articularam ataques em várias capitais europeias, mas somente a “Extinction Rebellion”, do Reino Unido, topou a tarefa.

O Brasil já endereçou reclamação ao governo inglês exigindo segurança. A ONG deu à polícia pistas da articulação, como a intenção de coincidir o crime com o protesto de índias em Brasília, também na terça-feira.

Membros da organização pintaram a fachada da embaixada com tinta vermelha e pichações citando questões ambientais e indígenas.

Os militantes protestaram também contra a eleição democrática do presidente do Brasil, repetindo frases petistas como “ele não”.

O embaixador Fred Arruda fez divulgar nota contra o vandalismo e vai à Justiça, se necessário, para a ONG pagar os prejuízos causados.

As ONGs perderam verbas milionárias desde o início do Governo Bolsonaro. Mais de 100 mil ONGs atuam na Amazônia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *