Discurso do General causa agitação nas Casernas

Após a declaração do general do Exército Antônio Hamilton Mourão, que deixou a entender que poderia haver uma intervenção militar caso o cenário político do Brasil não apresentasse melhoras, as Forças Armadas se agitaram nas casernas. O discurso ocorreu numa Loja Maçônica na última sexta-feira (15).

O general Villas Bôas, comandante geral do exército, veio a mídia dizer que “não há qualquer possibilidade” de intervenção militar. “Desde 1985 não somos responsáveis por turbulência na vida nacional e assim vai prosseguir”, afirmou Villas Bôas, em entrevista ao Correio Braziliense.

Já o general Mourão, procurado pelo jornal O Estado de São Paulo, disse que “não está insuflando nada” e que “não defendeu (a tomada de poder pelos militares), apenas respondeu a uma pergunta”.

Para o general, “se ninguém se acertar, terá de haver algum tipo de intervenção, para colocar ordem na casa”. Sobre quem faria a intervenção, se ela seria militar, ele responde que “não existe fórmula de bolo” para isso.