Diretor da JBS teme ser assassinado

O diretor Jurídico da RBS, Francisco de Assis (foto ao lado), que também virou delator junto com Joesley Batista e Ricardo Saud, mandou toda a família para os EUA assim que estourou o escândalo. Ele teme ser assassinado.

Em mensagem de WhatsApp postada no dia 16 de maio, que foi parar nas mãos dos procuradores da PGR, publicada pela revista Veja desta semana, em primeira mão, Francisco de Assis escreveu para a advogada Renata Araújo, que presa serviços para a JBS e com quem combinou várias operações de compra de magistrados:

Acompanhe a conversa por WatsApp:

– Tô morrendo de medo de ser assassinado.

– Tá doido ???

– Mandei minha família embora para Nova York.. Depois te conto tudo. Detalhes sórdidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *