Capes libera R$ 1,3 milhão para combate ao derramamento de óleo

A chave para problemas ambientais está na conscientização e também na pesquisa científica. Pensando nisso, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lança, nesta sexta-feira, 22 de novembro, o Entre Mares, um programa de seleção de projetos que vai destinar R$ 1,3 milhão a docentes de pós-graduação que tenham linhas de pesquisa relacionadas ao derramamento de óleo das praias brasileiras.

O objetivo é contribuir para a contenção, para o processamento do resíduo encontrado e para a redução de danos ao meio ambiente identificados em agosto deste ano.

As propostas escolhidas serão financiadas em até R$ 100 mil — liberados em parcela única — e uma cota de bolsa de mestrado. A seleção exige que o projeto seja desenvolvido durante dois anos, com possível prorrogação de um ano.

Por se tratar de um dano grave com necessidade de resolução rápida, o processo será feito por meio de Edital de Seleção Emergencial. As propostas devem ser encaminhadas de 25 de novembro até 4 de dezembro, por uma plataforma online da Capes.

Critérios – A seleção está aberta para docentes vinculados a mestrados e doutorados reconhecidos pela Capes. Os projetos serão apreciados por um comitê formado por representantes da fundação e da comunidade científica.

A Capes sinaliza seis temas prioritários de linha de pesquisa:

– impactos ambientais;
– avaliação dos impactos socioeconômicos;
– biorremediadores;
– dispersão do óleo;
– processamento de resíduos;
– tecnologia aplicada à contenção do óleo.

A aderência ao tema, o corpo docente em atividades de colaboração, o cronograma e orçamento propostos, a descrição das atividades e os resultados esperados a curto prazo serão considerados na avaliação.

Fonte: Ministério da Educação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *