Bolsonaro desmonta fofocas e desfila com Moro

O presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) quebrou o protocolo, neste sábado (7), durante o desfile cívico-militar do Dia da Independência, em Brasília, descendo do palanque ao lado do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e outros auxiliares para cumprimentar a multidão nas arquibancadas.

Bolsonaro fez questão de manter Moro ao seu lado, como uma forma de desautorizar as fofocas sobre “crise” no relacionamento entre eles. É o primeiro desfile de 7 de Setembro desde a sua posse à frente do Palácio do Planalto.

Também acompanharam Bolsonaro os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno.

Independência

A celebração dos 197 anos da Proclamação da Independência do Brasil iniciou às 9h e conta com 4,5 mil pessoas participando do desfile cívico-militar, com previsão de encerrar às 11h, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF).

Com 3 mil militares e 1,5 mil civis, o desfile tem atrações como a passagem do Fogo Simbólico que será conduzido pelo atleta Altobeli Santos da Silva (3º sargento da Marinha do Brasil), o desfile de alunos de escolas do Distrito Federal e a Pirâmide Humana, do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília. O grupo possui recorde mundial por ter apresentado 47 militares em deslocamento em uma única moto. Encerrando o desfile, a Esquadrilha da Fumaça fará o show acrobático no céu de Brasília, informou a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *