Sinésio contra a Privatização

A 3° Reunião do Fórum do Setor Elétrico (FSE) ocorre nessa terça-feira (12), às 9h, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), no auditório Beth Azize. O Fórum foi criado no último dia 28 de junho e faz parte da iniciativa da Comissão de Geodiversidade, Recursos Hídricos, Minas, Gás e Energia (CGRHMGE) da Aleam, presidida pelo deputado Sinésio Campos (PT).

O FSE tem o objetivo de debater questões relativas à privatização do setor de energia no Amazonas, a fim de articular, centralizar e potencializar ações necessárias para gerar uma proposta de solução alternativa ao setor, contemplando a prestação de um serviço de qualidade e redução tarifária principalmente à população municipalista.

Sabe-se que o processo privatista já está bastante adiantado, e que poderá causar, se não for estancado, danos irreparáveis aos trabalhadores do setor elétrico e a população consumidora. “Os trabalhadores, suas organizações classistas, e a população em geral serão diretamente prejudicados com a privatização da Eletrobras. Continuaremos resistindo e lutando para que não seja embarreirado programas como o Luz Para Todos que leva crescimento econômico aos municípios do Amazonas”, relatou Campos.

Na ocasião os órgãos debaterão sobre o sistema elétrico no Brasil e as consequências financeiras e econômicas do processo de privatização da concessionária Eletrobras Amazonas Energia, por parte do Governo Federal. Já confirmaram presença na reunião o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), Departamento intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Fundação Amazonas Sustentável (FAZ), Sindicato dos Trabalhadores nas Industriais Urbanas do Estado do Amazonas (STIUAM), Federação Nacional dos Urbanitários (FNU), Superintendência da Zona Franca (SUFRAMA), Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA) e Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *