Prefeitura exonera PM envolvido em crime

Manaus (AM) – O policial militar Elizeu da Paz, suspeito de participação no assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, morto no dia 29 de setembro, foi exonerado da Casa Militar da Prefeitura de Manaus, onde estava lotado.

O crime ocorreu dentro da casa de Alejandro Valeiko, filho da primeira-dama de Manaus.

Em nota, a Prefeitura de Manas afirma que a “medida atende ao relatório preliminar da Comissão de Sindicância, que aponta quebra da confiança exigida ao cargo”.

O PM foi preso no dia 3 de outubro, em Manaus. Além dele, outros quatro homens estão detidos por suposta participação no homicídio do engenheiro.

O caso

Na dia 29 de setembro, Elizeu da Paz foi flagrado por câmeras de segurança dirigindo um carro alugado da Prefeitura e entrando no condomínio onde mora Alejandro Valeiko. Ao lado de Elizeu estava Mayc Vinicius Teixeira, único suspeito que confessou o crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *