Olivia, a 5ª atriz pornô a morrer em 2 meses

A atriz pornô Olivia Lua, também conhecida no mundo do cinema para adultos como Olivia Voltaire, foi encontrada morta, no sábado, 20/1. num centro de reabilitação de Hollywood, na Califórnia, EUA.

Com esta morte, cujos contornos ainda estão por explicar, Olivia tornou-se a quinta estrela pornográfica a morrer em pouco mais de dois meses, apesar de não existir, oficialmente, uma relação entre as mortes das outras mulheres que perderam a vida nos EUA e Canadá.

“Recentemente, fizeram-se muitos comentários sobre o número de estrelas de cinema para adultos que morreram no último ano. É com grande tristeza que informamos que a lista aumentou”, escreve em comunicado a agência LDA Direct Models.

Olivia Lua começou a carreira na indústria pornográfica em 2016 e em outubro de 2017 decidiu fazer uma pausa, tendo entrado recentemente num centro de reabilitação, depois de ter tentado fazer um tratamento em casa.

Segundo o site XBiz, família e amigos tinham-se mostrado preocupado com a quantidade de medicamentos prescritos a Olivia e com o perigo que estes representavam, caso fossem misturadas com drogas recreativas ou álcool.

Olivia Lua é a quinta atriz pornográfica a morrer, depois de as norte-americanas Olivia Nova, de 20 anos, e Yurizan Beltran, de 31 anos, e as canadenses August Ames, de 23, e Shyla Stylez, de 35, terem sido encontradas mortas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *