Morre freira processada por Katy Perry

Uma freira de 89 anos, que integrava um conjunto de religiosas processadas por Katy Perry morreu sexta-feira em plena audiência, após cair no tribunal onde decorre a ação judicial movida pela cantora norte-americana de 33 anos.

A ação está relacionada com a compra de um antigo convento por parte de Katy Perry, que mereceu a concordância das religiosas. No entanto, as irmãs voltaram atrás com a sua decisão.

Em 2015, a cantora ofereceu 14,5 milhões (11,7 milhões de euros) pela propriedade situada no bairro de Los Feliz, em Los Angeles, conhecido pelas suas construções de estilo romano.

Deixe uma resposta