Marco Aurélio ironiza decisão de Dias Toffoli

Relator das ações que buscam derrubar a prisão em segunda instância, o ministro Marco Aurélio Mello ironizou a decisão de seu “chefe”, o presidente do STF, Dias Toffoli, de adiar, para data indefinida, o dia do julgamento.

“É um caso realmente novo, que não estava colocado, né? Talvez por isso deva-se esperar”, disse Mello.

Contrário à execução antecipada da pena, o ministro pressiona pelo julgamento desde 2017..

Até o final da tarde desta quinta-feira, (4), Dias Toffoli não tinha se manifestado sobre a ironia de seu “subordinado”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *