Mafioso da yakuza é detido na Tailândia

A polícia tailandesa deteve um japonês suspeito de pertencer aos famosos yakuza. O homem estava foragido às autoridades há 15 anos e foi identificado depois de uma foto se tornar viral nas redes sociais.

Shigeharu Shira foi detido em Lopburi, a norte de Banguecoque, e vai ser extraditado para o Japão, onde terá de responder às acusações que lhe são feitas. O homem é acusado de matar um membro de um gangue rival, em 2003.

A “BBC” adianta que o antigo chefe dos yakuza confessou ser membro do grupo, mas não admitiu a autoria do crime de que é suspeito

Redes sociais

As fotografias, em que aparece a sua famosa tatuagem, foram captadas e partilhadas nas redes sociais por um local que não conhecia a identidade
do suspeito. Depois de terem conhecimento das imagens, as autoridades japonesas pediram a intervenção da polícia tailandesa.

Nas fotografias que foram parar ao Facebook pode ver-se as costas de um homem idoso completamente cobertas com tatuagens. Nas imagens também se torna evidente que metade do dedo mindinho do homem está em falta. Trata-se da marca de um eventual castigo de que foi alvo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *