Greenwald vende ‘pastel sem recheio e requentado’

Você já comeu um pastel sem recheio e, acima de tudo, requentado? Tem muitos jornalistas comendo o “salgado” entregue por Glenn Greenwald.

Em mais um trecho das supostas mensagens roubadas do celular de Deltan Dallagnol, é, na verdade, uma sequência da conversa já publicada que trata de críticas de Sergio Moro à atuação da procuradora Laura Tessler nas audiências.

Moro sugere a Dallagnol que dê alguns conselhos a ela. “Um treinamento faria bem”, diz, numa mensagem de 13 de março de 2017.

Não há absolutamente nada de errado nisso.

Se o representante do Ministério Público não está a par do processo ou não consegue inquirir corretamente réus e testemunhas, acaba prejudicando a dinâmica da audiência e obriga o juiz a atuar mais diretamente.

Trata-se, portanto, de mais um pastel de vento de Glenn. O pasteleiro precisa passar por um curso profissionalizante para aprender a colocar um recheio consistente .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *