Ex-meia do Flamengo e Santos é preso em Belém

O ex-jogador de futebol Arinelson Freire Nunes foi autuado em flagrante na noite de sábado,20?10, por porte ilegal de arma de fogo em Belém. Ele está preso, à disposição da Justiça, para passar por audiência de custódia. O crime é afiançável na Justiça.

Arinelson Nunes, atualmente com 44 anos, é paraense e já rodou por vários clubes do país. Ele chamou a atenção de Vanderley Luxemburgo, em 1997, que o levou para o Santos, onde permaneceu por dois anos consecutivos até se transferir para o Flamengo. Depois passou pelo Paraná, Guarani, Fluminense, Remo, Paysandu e futebol da Coréia do Sul.

O ex-jogadorfoi preso por uma equipe da Rotam, que realizava rondas na avenida Almirante Barroso. O carro prata que Arinelson dirigia era semelhante ao que os policiais militares buscavam devido a algumas ocorrências de roubo na cidade.

Durante a abordagem, os PMs encontraram uma pistola calibre .380 com dois carregadores, contendo 20 munições do mesmo calibre e mais a quantia de R$ 3 mil.

Arinelson foi apresentado na Seccional de São Brás. A polícia esclareceu que ele foi apresentado pelo porte ilegal e que não tinha relação com os roubos.

Outra prisão

O ex-jogador Arinelson se aposentou em 2010, ele já havia sido preso em flagrante em 2014 ao se envolver em uma confusão na companhia de sua esposa, em Belém. Ao sair de um motel, no centro de Belém, o meio-campista se irritou com a demora na chegada da conta, colidiu duas vezes com o portão de saída do estabelecimento até derrubá-lo e só quitou o débito depois que a polícia chegou ao local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *