Bolsonaro passa a ser alimentado por sonda

Boletim médico divulgado na manhã desta quarta-feira (11), informou que o presidente Jair Bolsonaro teve a dieta oral suspensa. Agora, o presidente está se alimentando por meio de uma sonda nasogástrica no Hospital Vila Nova Star.

Segundo o documento, Bolsonaro “permanece sem dor, afebril e sem disfunções orgânicas”. Ele teve “lentificação dos movimentos intestinais e distensão abdominal” e passou por exames, que “encontram-se estáveis”. O texto diz que a reintrodução alimentar por via oral será analisada diariamente “e ocorrerá no momento oportuno”.

Esta foi a 4ª cirurgia pela qual Bolsonaro passou desde que levou uma facada na barriga no dia 6 de setembro do ano passado, durante a campanha eleitoral.

Quem está ocupando interinamente a Presidência é o vice-presidente, general Hamilton Mourão.

De acordo com o porta-voz da Presidência, general Otavio Rêgo Barros, a expectativa é de que Mourão fique no comando do país até 5ª feira (12). Rêgo Barros se despede na manhã desta 4ª feira do serviço ativo do Exército.

O boletim médico:

“O Hospital Vila Nova Star informa que o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, encontra-se no terceiro dia de pós-operatório, permanece sem dor, afebril e sem disfunções orgânicas. Evoluiu há 12 horas com lentificação dos movimentos intestinais e distensão abdominal, sendo submetido a passagem de sonda nasogástrica e introdução de nutrição parenteral (endovenosa). Os exames laboratoriais encontram-se estáveis. A reintrodução da alimentação por via oral será avaliada diariamente e ocorrerá no momento oportuno. Segue com medidas de prevenção de trombose venosa profunda e realizando fisioterapia motora. Por ordem médica, o paciente segue com visitas restritas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *