Publicitário lança “Meu Jardim de Pedras”

Manaus (AM) – A poesia do escritor, músico e publicitário amazonense Renato Bagre em ‘Meu Jardim de Pedras’, da Editora Reggo, expressa sarcasmo, inquietude e indagações de forma despretensiosa. Na esteira de uma literatura intimista, subjetiva, Renato acaba levando o leitor a refletir em torno de seus próprios questionamentos.

“Eu busco perguntas. Elas é que movem o mundo. Os “por quês de tudo”. Eu me inquieto com uma coisa, um sentimento, um fato que rolou, um momento da minha vida. E isso tudo vai gerando um rolo compressor de indagações, que aparecem no meu trabalho como escritor. Em Meu Jardim de Pedras isso ficou mais claro, mais maduro”, explica o autor.

A obra reúne 88 poemas distribuídos em 55 páginas. Bagre afirma que em seu mais recente trabalho, sua poesia está centrada no surrealismo de João Cabral de Melo Neto e no modernismo de Carlos Drummond de Andrade, suas principais referências literárias.

“Meu Jardim de Pedras tem uma inspiração central, a poesia de João Cabral de Melo Neto. Ele falou sobre as pedras tão perfeitamente que aquilo foi ficando. A metáfora perfeita da sabedoria e da humildade inteligente. O livro orbita por esses temas”, destaca. Ao citar o poeta e diplomata pernambucano, Renato refere-se a obra ´Pedra do Sono´, o primeiro livro de poemas de Melo Neto. O livro é uma seleção de poemas com forte teor surrealista.

Em 2010, Renato publicou seu primeiro livro de poesias, “Por onde ando agora”, também pela Editora Reggo. Em 2017, participou com sua poesia da Antologia de Poesia Brasileira Contemporânea “Além da Terra, Além do Céu” com o poema ´Eu na Caixa´. Após um hiato de quase dez anos, o autor volta à cena literária amazonense com “ Meu Jardim de Pedras”. Alguns de seus poemas, Renato fez questão de dedicar a pessoas queridas, entre elas, a filha Açucena Morena e o amigo e professor Marcos Frederico Krueger. O sociólogo e filósofo polonês Zygmunt Bauman também é homenageado com a poesia de Renato. O lançamento acontece na quarta-feira, dia 16, às 19h, na Adega Grand Cru.

Deixe uma resposta