Você não é resistência!

Avaliando as manifestações nas redes sociais, percebo que jovens que ainda “usam fraldas” se rotulam de resistentes. Acham que têm consciência política, mas defendem extremistas, seja de Esquerda, seja de Direita.

Antes de qualquer coisa, é preciso admitir que Resistente é o pai de família que levanta às 5h, almoça uma quentinha e, no fim do mês, tem 3/4 dos seus ganhos “confiscados” por meio de impostos. Resistência é a pessoa que nasce na classe C ou D e consegue chegar à Universidade Pública e se destaca.

Não! Você não é resistência! É cúmplice…

Resistência é o aluno que estuda para várias provas e é obrigado a fazer seminários, trabalhos, comendo qualquer salgado na rua para economizar. Resistência é o estudante que se sacrifica na esperança de um futuro melhor, num país governado por duas ditaduras: da política e a do judiciário.

Não. Você não é resistência! É cúmplice…

Resistência é a mãe que pega 4 ônibus por dia e trabalha em 2 empregos para sustentar os filhos sozinha.

Não. Você não é resistência! É cúmplice…

Resistência é o povo da Venezuela, que luta – com fome – contra um ditador genocida apoiado pelos políticos que você defende.

Não. Você não é resistência!, É cúmplice…

Resistência são os Cubanos, que há mais de meio século foram iludidos pelo comunismo e, hoje, vêem seus filhos se jogando ao mar em busca de dignidade.

Não. Você não é resistência! É cúmplice…

Você é apenas uma pessoa que usa a cabeça apenas para separar as orelhas, sem a menor noção do mundo real, fazendo uma birra infantil e subindo “hashtags” com seu iPhone, porque a sua vontade, se realmente for sua, não prevaleceu.

Você não precisa “resistir”. Precisa se “vacinar” contra discursos de corruptos. Não seja cúmplice!


Rosalvo Reis

Rosalvo Reis

Editor do Portal Roteiro de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *